Agronegócio

Países produtores de carne bovina realizam encontro anual em MT

A International Beef Aliance é formada por Brasil, Canadá, México, Estados Unidos, Nova Zelândia, Austrália e Paraguai que representam mais da metade da produção mundial de proteína vermelha e 63% das exportações globais de carne.
HOTEL KATUETE
PUBLICIDADE:
302357_115795115232385_2118594777_n

Representantes dos principais países produtores de carne bovina estão em Mato Grosso para a reunião executiva anual da International Beef Alliance (IBA). A entidade, cujo representante brasileiro é a Associação dos Criadores de Mato Grosso – Acrimat – reuniu em um encontro nesta segunda-feira (18.07), em Cuiabá, líderes do segmento da pecuária de corte, gestores do governo estadual e do agronegócio mato-grossense.

O grupo da IBA é formado por Brasil, Canadá, México, Estados Unidos, Nova Zelândia, Austrália e Paraguai que, juntos, representam mais da metade da produção mundial de proteína vermelha e 63% das exportações globais de carne. O IBA desenvolve estratégias que abordam preocupações comuns aos países membros e assegura que a carne bovina mundial tenha o maior alcance comercial possível, alinhando restrições comerciais não-científicas e políticas com a missão de superar as expectativas dos consumidores do produto.

Nesse panorama das estratégias da IBA insere-se o trabalho iniciado pelo Governo de Mato Grosso com a criação do Instituto Mato-grossense da Carne (Imac), no estado com o maior rebanho bovino brasileiro, com 29,5 milhões de cabeça. Entre as estratégias do Imac estão a promoção da carne produzida no estado, definição de critérios para tipificação da carne; articular com entes públicos e privados nacionais e/ou internacionais o desenvolvimento de ações de promoção e divulgação, além de desenvolver estudos para a melhoria da mesma. Outros objetivos do Imac são o desenvolvimento de pesquisas e tecnologias para padronização de carcaças e melhorias na qualidade da carne; promover atividades de orientação ao consumidor, baseadas em pesquisas de mercado; fomentar o desenvolvimento de produtos e a rastreabilidade da carne.
PUBLICIDADE:
tacuru x

O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ricardo Tomzyck, reforçou que a estratégia do Imac está em acordo com a demanda mundial, uma vez que cada vez mais os consumidores exigem produtos de qualidade e com certificação ambiental.

Aliança Internacional da Carne

A visita dos representantes da IBA segue nesta terça-feira (19) e encerra-se em São Paulo, no dia 20. Em Cuiabá, além da reunião executiva, os participantes conheceram a produção estadual no modelo de semiconfinamento e a integração lavoura-pecuária-floresta.

Desde 2014, a Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat) representa o Brasil na ‘Aliança’, reforçando a representatividade mundial da pecuária de Mato Grosso. Em 2015, a convite da Acrimat, também se juntou ao grupo para reforçar a presença brasileira, a Associação Nacional dos Confinadores (Assocon), durante a Conferência anual da Five Nation Beef Alliance (FNBA), em Mazatlán, no México, quando o Brasil e Paraguai aderiram oficialmente ao grupo que passou a se chamar International Beef Alliance, ou em português, Aliança Internacional da Carne Bovina.

As associações que representam os países na International Beef Alliance são: Cattle Council of Australia and Meat & Livestock (Austrália), Acrimat e Assocon (Brasil), Canadian Cattlemen’s Association (Canadá), Confederación Nacional de Organizaciones Ganaderas (México), Beef + Lamb New Zealand (Nova Zelândia), Asociación Rural del Paraguay (Paraguai) e National Cattlemen’s Beef Association (Estados Unidos).

MT Agora – Sedec-MT

Comentarios

Más popular

Arriba