Brasil

Brasil vai produzir etanol de soja

Brasil vai produzir etanol de soja

Em uma iniciativa pioneira no mundo, a empresa brasileira Caramuru vai começar a produzir etanol hidratado a partir de soja. O biocombustível será desenvolvido em seu complexo industrial de Sorriso, no Mato Grosso, que será ampliado a partir de um investimento de R$ 115 milhões, e terá capacidade anual de 6,8 milhões de litros.

Até agora, o etanol é produzido em escala apenas a partir de cana-de-açúcar, milho ou beterraba. “Esse projeto é mais uma iniciativa que a Caramuru empreende para agregar valor à sua produção. Paralelamente, o investimento abre novas oportunidades de negócios para o produtor do Mato Grosso”, diz César Borges de Sousa, vice-presidente da empresa.

De acordo com a Caramuru, todo o potencial da matéria-prima soja será aproveitado com alta eficiência energética na nova planta do complexo industrial, minimizando os impactos ambientais. Ao processar a soja, será produzido simultaneamente energia elétrica (cogeração), biodiesel e etanol hidratado. O investimento na nova planta também está inserido em um processo de inovação disruptiva, permitindo a produção simultânea de SPC, Lecitina e Etanol.

Além de combustível para automóveis, o etanol hidratado também é matéria-prima industrial para a fabricação de perfumes, materiais de limpeza, solventes e tintas. Na unidade de Sorriso a empresa já produz farelo hipro, óleo e proteína concentrada de soja (SPC), um produto com alto teor de proteína, acima de 60%, ambientalmente correto e substituto da farinha de peixe nas rações.

Fonte: Agrolink

Comentarios

Más popular

Arriba