Alto Parana

Foz do Iguaçu:Defesa Civil já começa atender famílias atingidas por chuva de granizo

Defesa Civil já começa atender famílias atingidas por chuva de granizo em Foz do Iguaçu
Não se sabe ainda quantas famílias estão desalojadas. A orientação é que a pessoa que têm veículo possa buscar a lona na sede da Guarda Municipal.
11350691_887503018006137_5734309756900776025_n

11217666_887503034672802_7725286406258419837_n
Ainda não há dados oficiais sobre os estragos, as linhas da Defesa Civil, 153, e da Guarda Municipal estão congestionadas.

A chuva de granizou surpreendeu os moradores de Foz do Iguaçu na noite desta segunda-feira, (07)

. Várias regiões da cidade foram atingidas.

Algumas fotos já começam a circular pela internet. Segundo a defesa civil, a região do Porto Meira é a mais afetada.

Não se sabe ainda quantas famílias estão desalojadas.

A orientação é que a pessoa que têm veículo possa buscar a lona na sede da Guarda Municipal.
Era por volta das 16 horas desta segunda-feira (07), que um temporal seguido de ventos fortes e chuva de granizo atingiu vários pontos no interior de Marechal Cândido Rondon e Guaíra.

No distrito guairense de Bela Vista um morador registrou o momento em que o granizo tomou conta da plantação e danificou telhados e a antena parabólica da residência.

Em Marechal não foi diferente, nesta propriedade os agricultores contabilizam os prejuízos, Lauri não estava em casa na hora do temporal, emocionado ele conta como foi chegar e ver praticamente tudo destruído.

O galpão utilizado para armazenar o fumo veio a baixo pela metade, a plantação também ficou destruída, árvores caídas trancando as vias de acesso da linha Flor de Maio e muita lama.

Em outra propriedade distante mil metros desta, Rudimar conta o medo que passou com toda a família no momento do temporal.

Por aqui parte do telhado da estrebaria foi arrancado, telhas do chiqueirão foram parar a 30 metros.

E no beiral da casa duas horas depois ainda era possível de ver os montes de gelo que se formaram com o granizo.

Apesar dos danos contabilizados na região, a defesa civil não foi informada sobre feridos decorrente do temporal.

Fotos: Juliano Bortolon.
MNEWS
Em breve mais informações.
No distrito de Iguiporã um galpão utilizado para armazenar fumo ficou parcialmente destruído
11223714_1190022531011305_327147812534577877_n-165x125

dd12-165x125

ddddd11-165x125

dddddddd2-165x125

Comentarios

Más popular

Arriba