Otros

Trânsito na Ponte da Amizade é de quase 40 mil veículos por dia, diz pesquisa

Levantamento feito em junho aponta que movimento na fronteira é 30% maior que o registrado em 2016.

A Ponte da Amizade, entre Foz do Iguaçu, no Paraná, e Ciudad del Este, no Paraguai, recebeu em 2017 em média 10 mil veículos a mais que em 2016 (Foto: Caio Vasques / RPC)
A Ponte Internacional da Amizade, na fronteira entre o Brasil e o Paraguai, recebe em média 38,9 mil veículos por dia, aponta levantamento. De acordo com a 9ª edição da Pesquisa de Tráfego e Perfil de Turistas na Tríplice Fronteira, feita entre os dias 15 e 18 de junho, o movimento em 2017 é 30% maior que o registrado no mesmo período de 2016, quando a média chegou a 29,9 mil veículos por dia.

Durante a pesquisa realizada por alunos e professores do Centro Universitário UDC foram colhidos dados sobre o fluxo de veículos e de pedestres também na Ponte Internacional Tancredo Neves, na fronteira entre o Brasil e a Argentina. As duas ficam em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, e garante à região o título de fronteira mais movimentada do país.
Com o dólar baixo, movimento aumenta na Ponte Internacional da Amizade, em Foz
Segundo o coordenador da pesquisa, o professor Fábio Prado, parte do aumento é resultado, entre outros, da recuperação econômica do país. E, com a análise dos dados, explica, é possível organizar os serviços prestados pelos órgãos públicos e pela iniciativa privada nas áres de segurança e turismo, por exemplo.
Para 42,5% dos entrevistados o motivo da viagem foram as compras de importados no Paraguai, seguido do turismo, por 37,9%. A maior parte também já disse ter visitado a cidade mais de dez vezes e que pretende voltar.
A pesquisa questionou também o atendimento na aduana da Receita Federal na Ponte da Amizade, a segurança e a importância das operações de fiscalização e combate à criminalidade realizadas na fronteira.
Já os entrevistados na Ponte Tancredo Neves indicaram que o principal motivo da viagem foi o turismo e que estavam visitando os atrativos brasileiros e argentinos pela primeira vez e que também pretendem voltar. O destaque ficou por conta da variedade gastronômica encontrada tanto em Foz do Iguaçu como em Puerto Iguazú.
Confira alguns dos dados colhidos nos 4 dias de pesquisa:
Ponte da Amizade
pessoas: 455.628 (2017, com uma madrugada a mais) – 278.969 (2016)
veículos: motos 40,7%; carros de passeio 36,2%; vans 12,4%, táxis 9,1%, caminhões 0,9%; ônibus 0,7%. Total: 155.851 (2017) – 87.123 (2016)
horário de maior movimento: 7h às 18h, com pico das 13h às 13h59 no sábado (17/06)
Ponte Tancredo Neves
veículos: carros de passeio 70,1%; táxi 14,07%; vans 6,3%, motos 5,6%, ônibus 2,7%; caminhões 1,3% Total: 34.251 (2017) – 26.979 (2016)
horário de maior movimento: 16h às 16h59, com destaque também para o sábado
g-1

Comentarios

Más popular

Arriba