Paraguai se prepara para colheita de soja e espera produtividade de 50 sacas/ha

Paraguai se prepara para colheita de soja e espera produtividade de 50 sacas/ha

A safra de soja se apresenta com um panorama favorável nos primeiros dias do ano para o Paraguai. As boas condições climáticas e o escasso apareciment...

Inversionistas extranjeros buscan cultivar 3.000 hectáreas de stevia en Paraguay
Exportación de cerdos y pollos se mantuvieron estables en 2016
Alentadoras perspectivas en el campo, la soja roza los US$ 400

A safra de soja se apresenta com um panorama favorável nos primeiros dias do ano para o Paraguai. As boas condições climáticas e o escasso aparecimento de pragas e doenças indicam que o rendimento deve ser similar ao ano passado.

Os produtores de diversas regiões coincidem em uma estimativa de uma média de produtividade de 50 sacas por hectare.

Início dos cultiivos

Apesar de ter favorecido o cultivo, o clima representou um atraso com relação ao ciclo de crescimento da soja, por conta das temperaturas frias registradas no início de setembro. Em sua maioria, os produtores devem iniciar a colheita em meados ou final de janeiro, mas se concentrarão, em maior porcentagem, durante a segunda quinzena de fevereiro.

“Este ano vamos ter um atraso por conta do frio do início de setembro e também em outubro, que levaram a uma demora do ciclo”, disse Romualdo Zocche, produtor do departamento de Alto Paraná, ao site 5días.

Ricardo Sosa, diretor da Coordenadoria Agrícola de San Pedro, explicou que apesar de as chuvas não teremo sido constantes, esta região também irá iniciar a colheita em meados de janeiro.

Clima

O clima acompanhou de maneira positiva o cultivo em regiões como Alto Paraná e Itapúa, esta última que recebeu granizo, mas teve um impacto reduzido dos efeitos na produção, tendo que somente replantar as partes afetadas, o que provocou um atraso no aparecimento dos grãos.

“O clima está excelente este ano, muito bom. Vamos ter melhor produtividade. Uma ou duas mais chuvas que venham vão colaborar para que seja uma superssafra”, disse Roberto Gregory, produtor da zona norte de Alto Paraná.

Rendimento

Quando são questionados sobre o rendimento das lavouras, os produtores coincidem em uma estimativa de alcance de 50 sacas por hectare (3.000 kg por hectare).

Sosa explica que a quantidade varia de acordo com a zona. Onde choveu bem, a produção ficará entre 42 a 50 sacas por hectare. Onde choveu “mais ou menos”, entre 33 a 42 sacas e onde choveu pouco, 33 sacas para baixo, “mas Deus queira que não haja zonas com esse rendimento”, apontou.

Com informações do Diario 5días

APP GRUPO CAPITANBADO
PUBLICIDAD:

Baixe Agora! Grupo CAPITANBADO.COM lança seu App de notícias!!
O GRUPO CAPITANBADO.COM inicia
Baixe o App agora mesmo! Leia e navegue com rapidez pelas notícias do grupo CapitanBado.Com
CLICK AQUI E FIQUE CONECTADO 24 HORAS. http://www.grupocapitanbado.com/apps