Conectate con nosotros

Otros

Revalida em números

Publicado

en

O Revalida (Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeira) é o exame obrigatório para o exercício da medicina no Brasil. Pode ser feito por brasileiros e estrangeiros graduados no exterior. Veja o mais recente resultado.

2016
1ª etapa: 6.541 participantes, dos quais 561 graduados no Paraguai. Graduados no Paraguai aprovados: 195.
2ª etapa: 1.531 aprovados. Graduados no Paraguai aprovados: 141.

2017
1ª etapa: 7.380 participantes, dos quais 937 graduados no Paraguai. A inscrição para a segunda etapa ainda não está disponível.
Fonte: MEC/INEP

===================================

Movimentação aquece cadeia comercial

Denise Paro
Especial para o H2FOZ
Fotos e vídeos Marcos Labanca

Em Foz do Iguaçu, a movimentação estudantil trouxe reflexos para o mercado imobiliário. A demanda está em alta há três anos, e não há imóveis que atendam os estudantes, ou seja, apartamentos ou casas para alugar com um ou dois quartos de até R$ 1.000, diz o presidente do Secovi, Jilson José Pereira. “O aquecimento na locação é de 100% a 120% nos últimos três anos”, afirma.

Com a falta de imóveis adequados, os estudantes costumam alugar casas em conjunto, formando as chamadas repúblicas estudantis. De olho no mercado, os investidores de Foz do Iguaçu já estão projetando prédios com um ou dois quartos voltados a esse público.

(“A crise consiste no fato de que o velho está morrendo e o novo ainda não pode nascer”)
www.capitanbado.com
Anuncie. 06 MESES E PAGUE 04.
MSG AO +595 984 202944

O aquecimento do mercado não se restringe a Foz do Iguaçu. Em Ciudad del Este, o valor do aluguel em áreas próximas a universidades está em alta devido à demanda. Há prédios nos quais a maioria dos moradores é de origem brasileira. Por isso, os investimentos em construção civil passaram a ser realidade na cidade vizinha.

O empresário Maurício Saltamartine está à frente de um empreendimento com 28 apartamentos situados no quilômetro 9 da Ruta Internacional, em Ciudad del Este. A obra, que começou há pouco mais de um mês, já está com mais de 30% dos apartamentos vendidos. “Nós estamos pensando em necessidades futuras não só de estudantes, mas um problema habitacional que vai ter daqui dez anos”, diz.

Os apartamentos de 36 m² e 45 m² já virão mobiliados com ar-condicionado, móveis de cozinha, lava-roupas, geladeira, camas e televisão. O aluguel custará cerca de US$ 350 mensais.

Outros setores que atendem à demanda estudantil são o de transporte e o de prestação de serviços. Inúmeras vans cruzam diariamente a Ponte da Amizade para levar alunos brasileiros a Ciudad del Este e Presidente Franco. Sites e blogues prosperam pela internet com informações sobre os cursos. Alguns estudantes criam canais e tornam-se youtubers para falar sobre as experiências de estudar Medicina no Paraguai e têm audiência considerável.

As iniciativas não param por aí. Em Foz do Iguaçu, há empresas que oferecem serviços de matrícula e auxiliam os estudantes a obter informações a respeito do curso, universidades, valores a serem pagos e documentação. Uma outra empresa, instalada recentemente em Foz, viu o filão de mercado e passou a oferecer cursos para o estudante se preparar para a prova do Revalida.
===============================
PUBLICIDADE.
WWW.CDENEWS.COM

Nem todas as universidades têm certificação de qualidade

A corrida de brasileiros para o outro lado da fronteira estimula a “educação de mercado”, ou seja, instituições mais interessadas em lucrar do que ensinar.

O Paraguai tem cerca de 54 universidades, das quais 46 são privadas. Não há no país uma estatística que mostre quantos cursos de Medicina estão em funcionamento, até porque nem todas ainda têm autorização oficial. Em Ciudad del Este são pelo menos cinco instituições, uma delas com duas unidades.

Para ser reconhecidos legalmente, os cursos precisam de aprovação do Conselho Nacional de Educação Superior (Cones). Somente com a habilitação o diploma tem valor legal (http://www.cones.gov.py/resoluciones/).

Um passo posterior à aprovação do Cones é o curso ser submetido à avaliação da Agencia Nacional de Evaluación y Acreditación de la Educación Superior (Aneaes). Para ter o reconhecimento da Aneases, o curso precisa ter uma turma formada e se submeter a uma análise diagnóstica que considera a carga horária, infraestrutura oferecida, titulação dos professores, entre outros itens. A maioria das 54 universidades do país não tem sequer um curso acreditado.

A acreditação da Aneaes é uma espécie de selo de qualidade na educação. No entanto a falta da acreditação não invalida o diploma dos cursos. O processo de acreditação não é obrigatório, mas os cursos que conseguem o selo da Aneaes ganham credibilidade – principalmente para os alunos egressos, que são vistos de modo favorável pelo mercado de trabalho. “A acreditação é um plus de qualidade”, confirma Adriana Pessoas, da Aneaes.

Outra vantagem dos cursos acreditados é o acesso garantido a recursos públicos, bolsas para alunos e professores e convênios com o governo para que os estudantes façam atividades práticas.

Atualmente, dez cursos de Medicina têm acreditação da Aneaes (http://www.aneaes.gov.py/aneaes/index.php/ct-menu-item-12/carreras-acreditadas).

No entanto há outras instituições, cujos cursos inclusive já foram autorizados pelo Conaes, que estão sob o processo de acreditação, contudo a Aneaes não divulga a lista.

Os brasileiros interessados em cursar Medicina no Paraguai precisam ficar atentos a todos os detalhes, inclusive ao marketing feito pelas instituições, em alguns casos agressivo. Em abril deste ano, a Universidad Sudamericana foi repreendida por usar na propaganda o logo da Aneaes. Entretanto a instituição ainda não é acreditada.

Entre 2006 e 2010, a Lei 2.529, conhecida como Lei Marco, permitiu a abertura indiscriminada de diversas faculdades no país, boa parte tendo políticos como proprietários. As faculdades irregulares prejudicaram cerca de oito mil alunos, que ficaram com diplomas inválidos. A lei foi revogada e, em 2016, foram fechados aproximadamente 50 cursos nas chamadas universidades de “garagem”, por não cumprirem requisitos básicos.

No site http://mifuturo.gov.py é possível averiguar a situação dos cursos.

PUBLICIDADE.
NUEVA EMPRESA DEL GRUPO CAPITANBADO.COM
GLOBAL INVEST PJC.
COMO INSTALAR SUA EMPRESA EM PEDRO JUAN CABALLERO.


Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

APP FM CAPITANBADO.

Oi pessoal to passando pra informar que nosso RADIO FM já tem o seu próprio App FM CAPITANBADO, sua radio para Android e o mais legal ele é GRATIS. E gostaria de pedir para todo os nossos internautas que instalem, comente e avalie o aplicativo para assim ir melhorando o App.- FM Capitán Bado: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.fmcapitanbado

Sigue leyendo
Comentarios

Otros

Paraguay y Argentina acuerdan habilitar represa de Yacyretá como puente internacional

Publicado

en

Paraguay y Argentina acuerdan habilitar represa de Yacyretá como puente internacional

20 marzo, 201911

Reunión entre los presidentes y cancilleres de Paraguay y Argentina, durante la 53º Cumbre del Mercosur. Foto Archivo.

Asunción, IP.- Los cancilleres de Paraguay y Argentina firmaron este miércoles las notas para habilitar la circulación sobre el coronamiento de la represa de Yacyretá, entre las ciudades de Ayolas e Ituzaingó.

Además se dio la firma al acta y acuerdo para la relocalización de la zona franca para el Paraguay en el puerto de Rosario.

Los acuerdos fueron firmados por los cancilleres Luis Castiglioni y Jorge Faurie, con la presencia de los presidentes Mario Abdo y Mauricio Macri, quienes participaron de la Conferencia de las NN.UU para la Cooperación Sur-Sur, este miércoles en la capital argentina.

La decisión fue tomada por los mandatarios en diciembre pasado durante la última de la Cumbre de Jefes de Estado del Mercosur, en diciembre pasado.

El canciller Castiglioni señaló que la medida es “un ejemplo de integración” entre ambos países y que la Entidad Binacional Yacyretá “no sólo va a generar energía, sino que la represa va a ser un puente internacional”.

Esta decisión beneficiará el intercambio turístico, actividades comerciales y turísticas para el departamento de Misiones y la región sur del país, destacan autoridades.

Por su parte la Entidad Binacional Yacyretá (EBY) comunicó que al final de la tarde se reúnen autoridades del departamento de Misiones, en Paraguay, y la provincia de Corrientes, en Argentina, para avanzar en los detalles del proyecto que posibilitará al Paraguay contar con tres puentes internacionales con Argentina.

Sigue leyendo

Otros

Estonia brindará asistencia técnica para incorporar más tecnología en la educación

Publicado

en

Estonia brindará asistencia técnica para incorporar más tecnología en la educación

Durante la reunión entre los mandatarios de Paraguay y Estonia. Foto Twitter @MaritoAbdo

Asunción, IP.- Paraguay y Estonia, abordaron posibilidades de cooperación para impulsar el gobierno electrónico y la incorporación de más tecnología para fortalecer la educación paraguaya.

Los presidentes de Paraguay, Mario Abdo Benítez y de Estonia, Kersti Kaljulaid, mantuvieron este miércoles una bilateral, en el Centro de Exposiciones y Convenciones (CEC) de la capital argentina, Buenos Aires.

A través de su cuenta oficial en Twitter, Abdo Benítez, destacó que durante el encuentro con su par de Estonia, “exploramos posibilidades de cooperación para impulsar el gobierno electrónico y la incorporación de más tecnología para nuestra educación”.

En febrero pasado una comitiva paraguaya, encabezada por el viceministro de Tecnologías de la Información y Comunicación (Mitic), Miguel Martin, y el diputado Sebastián García participaron de la jornada de encuentros, invitados por la Organización de Estados Americanos (OEA) para conocer las experiencias exitosas de España y Estonia.

Estonia es considerado uno de los países líderes en Gobierno Electrónico a nivel mundial, gracias a su continua innovación y desarrollo digital.

Sigue leyendo

Otros

Abdo viaja a la Argentina para conferencia de la ONU

Publicado

en

Abdo viaja a la Argentina para conferencia de la ONU

Mario Abdo Benítez viajó a Buenos Aires. Foto: Cristina Martínez, 970 AM.
Mario Abdo Benítez viajó a Buenos Aires. Foto: Cristina Martínez, 970 AM.

El jefe de Estado Mario Abdo Benítez partió esta mañana rumbo a Buenos Aires, donde participará de la conferencia de la Organización de las Naciones Unidas (ONU).

A las 6:15 de este miércoles fue despedido en el Espigón Presidencial el mandatario Mario Abdo Benítez, quien viajó a la Argentina para participar de la conferencia de la ONU.

El presidente regresará hoy mismo y su arribo está previsto para las 21:40, según confirmaron fuentes del Ejecutivo, aunque el evento va hasta el 22 de marzo.

Esta vez el encuentro será sobre El rol de Cooperación Sur-Sur y la implementación de la Agenda 2030 para el desarrollo Sostenible: desafíos y oportunidades.

La conferencia de la ONU será la única de este año que se desarrolle en nuestra región, según detalla la agenda del organismo internacional.

Sigue leyendo

Más popular